HomeGuia de viagem El Calafate

Guia de viagem El Calafate

el-calafate-ifriend
Um guia completo de El Calafate para você!
0
(0)

El Calafate é uma cidade na Patagônia argentina, aos pés da Cordilheira dos Andes, conhecida principalmente como acesso ao Parque Nacional Los Glaciares, que abriga o Glaciar Perito Moreno, terceira maior geleira do mundo.

Localizada na província de Santa Cruz, berço político de Néstor Kirchner, que governou a Argentina de 2003 a 2007, El Calafate também é a base para outros destinos da região, como Torres del Paine, famoso parque chileno, e El Chaltén, considerada capital do trekking na Argentina.

Histórico de El Calafate

El Calafate surgiu por volta do século XX como ponto de aprovisionamento dos transportes de lã. Foi oficialmente fundada em 1927 pelo governo argentino, com o intuito de consolidar o povoamento da região.

A localidade ganhou força em 1943, quando começaram as obras de construção da intendência do Parque Nacional Los Glaciares (terminadas em 1946). Os moradores foram chegando conforme o povoado foi crescendo. 

A área foi se tornando conhecida até se tornar uma região turística na Argentina. Abriram os primeiros restaurantes e cinemas, construíram pontes, ergueram o primeiro hotel, entre outras infraestruturas. O desenvolvimento ganhou uma velocidade mais rápida à medida que os turistas começaram a chegar na área.

Hoje, com um pouco mais de 20 mil habitantes, El Calafate é um paraíso gelado, que, apesar de ser uma cidade pequena, atrai viajantes do mundo todo em busca de aventuras.

Por que visitar El Calafate?

Centro da cidade.
Foto: Diego Delso/Wikimedia

A cidade é voltada para o turismo e tem ótima estrutura de serviços

Cidade pequena em uma região fria da Argentina, El Calafate é lembrada como uma Campos do Jordão da Patagônia. O destino tem um pouco de tudo em se tratando de opção de entretenimento, no entanto, o forte mesmo são os passeios ao ar livre, especialmente nas geleiras. 

Ideal para caminhadas no gelo e navegação em pequenos barcos, El Calafate é um prato cheio para os aventureiros de plantão, mas também é uma ótima alternativa para casais que desejam fazer uma viagem a dois, regada de lareira, vinho e passeios românticos. 

A cidade é quase que voltada exclusivamente para o turismo, o que faz com que todos os visitantes se sintam muito bem atendidos em todos os lugares e por todos os tipos de serviço, como hotéis, restaurantes, entre outros.

O que fazer em El Calafate?

Glaciar Perito Moreno

Confira um roteiro de três dias em El Calafate, cidade base para visitar o Glaciar Perito Moreno.

El Calafate é uma cidadezinha marcada pela exuberante natureza da região, repleta de lagos, glaciares e outras paisagens patagônicas.

Tem algumas atrações urbanas para colocar no roteiro, mas, sem dúvidas, os lugares mais famosos e importantes ficam no Parque Nacional Los Glaciares, a 45 km do município. A cidade é ponto de partida para curtir as atrações do parque e os turistas que chegam em busca dessa aventura são de todo tipo – tem aqueles viajando em grupo, de casal ou mesmo sozinhos.

Afinal, o que fazer em El Calafate? Veja, a seguir, um roteiro de três dias!

Primeiro dia

Para iniciar o seu roteiro, separe o dia para conhecer os principais Glaciares da Patagônia argentina de uma só vez num passeio de barco por um dos maiores e mais bonitos lagos da América Latina, rodeado de montanhas e repleto de icebergs.

A navegação ocorre pelas águas cristalinas do Lago Argentino, cercado pela Cordilheira dos Andes.

A expedição começa pelo braço norte do lago e te leva até a Boca del Diablo seguindo para o Canal Upsala, onde irá se deparar com icebergs gigantes na frente do Glaciar Upsala.

Logo após, é a vez de ir em direção ao Canal Spegazzini. Você vai poder avistar o Glaciar Seco até chegar ao Glaciar de mesmo nome do canal. Mais adiante, é possível ver os glaciares Heim Sur e Peineta e, por fim, o desembarque acontece em La Base Spegazzini, onde se inicia a caminhada pelo caminho da floresta.

O passeio é bastante procurado, portanto, reserve o seu ingresso com antecedência.

À noite, recomendamos um jantar no Borges y Alvarez Librobar, uma das melhores dicas de onde comer em El Calafate. Se conseguir chegar no entardecer, melhor ainda, pois o lugar é um dos points do fim de tarde. Além de ser um ótimo bar/restaurante, a casa é uma mistura de bar com livraria que deixa qualquer um apaixonado. Há livros por todo canto, muitas opções de sanduíches e um longo cardápio de bebidas.

Segundo dia

No seu segundo dia em El Calafate, você irá desbravar a Estância Cristina, uma das mais importantes e belas da Patagônia argentina, localizada dentro do Parque Nacional Los Glaciares. Esse tour é formado por navegação pelo Lago Argentino, visita à Estância Cristina e caminhada até o Glaciar Upsala e é obrigatório para quem vai visitar a cidade.

O passeio começa com uma navegação pelo braço norte do Lago Argentino, onde cruza o Canal Upsala, onde também há icebergs e o Glaciar Upsala.

Depois, é feito o desembarque no porto da estância e a expedição passa a ser num carro 4×4, garantindo muita emoção. Prepara-se para subir e explorar as montanhas do local num percurso de mais de 9 km.

O passeio também inclui caminhada em terreno de erosão glaciária até chegar no mirante do Glaciar Upsala, visita ao Museu Costumbrista e à Casa Histórica da Estância, além de um delicioso almoço com comidas tradicionais da região.

Diversas agências oferecem o passeio. É possível encontrá-lo em algumas operadoras locais no centrinho de El Calafate ou já sair do seu país com tudo reservado.

Para jantar, nossa sugestão é o Pura Vida Resto Bar, um restaurante super aconchegante com música ambiente bastante agradável. Ele é um dos mais famosos lugares para comer em El Calafate com menu variado, que inclui opções vegetarianas e as típicas empanadas.

Terceiro dia

Para finalizar a sua viagem, é claro que você irá visitar o Glaciar Perito Moreno, um dos mais importantes pontos turísticos de El Calafate, e caminhar nas suas passarelas. São quase 5 km de passarelas nos entornos da geleira, proporcionando uma experiência única.

Caminhar no glaciar é uma atividade que até amadores podem fazer, mas sempre em grupos com guias experientes. Esse “mini trekking no gelo” é uma excursão de um dia vendida por diversas agências de turismo na cidade, incluindo transporte, passeio pelas passarelas e a caminhada sobre o glaciar, que tem cerca de 1h30 de duração.

Nesse tour, você consegue conhecer um pouco mais sobre a região e ainda apreciar com calma as belezas das paisagens patagônicas.     

Depois do passeio preferido dos turistas em El Calafate, que tal provar um delicioso chocolate quente? Localizada no centro da cidade, a Laguna Negra funciona como cafeteria e chocolateria e é um lugar aconchegante para passar o fim de tarde.

Além dos variados e saborosos chocolates de fabricação própria, o cardápio é composto por alfajores, tortas, bolos, café, chocolate quente, chás e outros itens que caem perfeitamente bem em meio ao clima frio de El Calafate.

Quando visitar El Calafate?

Glaciar Perito Moreno

Veja a melhor época para viajar para a cidade da Patagônia argentina

Muita gente pensa que, por ser um destino de frio, a melhor época para visitar El Calafate é no inverno, mas não.

Isso acontece porque, durante o inverno, muitos passeios não funcionam e alguns hotéis chegam até mesmo a fechar suas portas devido à baixa procura. Nessa estação, não é possível fazer o trekking nas geleiras, nem diversas outras atividades. Caso, você já esteja com as passagens compradas, não desista. Ainda é possível visitar as passarelas do Perito Moreno e fazer a navegação Rios de Hielo Express.

O inverno em El Calafate é rigoroso, pois as temperaturas chegam a ficar abaixo de 0ºC. Os ventos são fortes e os dias, curtos. Vá preparado.

O verão é a melhor época para visitar El Calafate. Entre dezembro e março, as temperaturas são mais amenas, ideais para as caminhadas nas geleiras.

No entanto, é importante levar todos os acessórios e roupas de inverno mesmo nessa época, pois as temperaturas continuam mais frescas, as marcas dos termômetros não passam dos 19ºC – e perto das geleiras é sempre muito frio.

Se em El Calafate a alta temporada acontece no verão, a baixa é no inverno. Meses de média temporada, como abril, outubro e novembro também são boas opções para uma viagem à cidade – o frio não é intenso como no inverno, todos os passeios estão em funcionamento e os preços são mais em conta que no verão.

Alta Temporada

  • Prós – As temperaturas são mais amenas e todos os passeios estão em funcionamento.      
  • Contras – É preciso reservar a hospedagem com antecedência, pois a cidade fica cheia e os preços, mais altos.   

Baixa Temporada

  • Prós – Com menor volume de turistas, fica mais tranquilo para visitar as atrações disponíveis e não é preciso disputar espaço com outras pessoas. Além disso, é um bom período para quem deseja economizar. 
  • Contras – O frio é bem intenso e pode causar algum desconforto. Na baixa temporada, também não é possível explorar todos os pontos turísticos porque muitos passeios não funcionam.

Ecoturismo em El Calafate

Monte Fitz Roy (El Chaltén) ao fundo

Muitas aventuras te esperam na Terra dos Glaciares

El Calafate é uma cidade conhecida por ser a porta de entrada para o Parque Nacional los Glaciares, que abriga mais de 300 geleiras e declarado Patrimônio da Humanidade em 1981. 

O paraíso gelado da Argentina recebe milhares de turistas internacionais por ano que desejam conhecer os famosos glaciares: Upsala, Spegazzini e, claro, o Perito Moreno.

O destino que hoje se destaca como um dos mais populares da Patagônia tem ótima estrutura turística, com hotéis, restaurantes, estâncias e opções de lazer regadas de aventura.

Confira seis atividades e lugares para fazer ecoturismo em El Calafate!

  • Passeio de barco no Lago Argentino – Um dos maiores e mais bonitos lagos da América Latina, o Lago Argentino é cercado pela Cordilheira dos Andes e um lugar imperdível para fazer ecoturismo em El Calafate. O passeio de barco te leva a avistar montanhas e icebergs, entre outros fenômenos da natureza como o Glaciar Upsala. Algumas excursões tem parada para caminhada interativa.
  • Excursão off road – Atravessar as mais lindas paisagens de El Calafate em um veículo 4×4 é uma ótima opção para conhecer a região e se aventurar. Os passeios costumam ter duração de meio dia e são uma oportunidade de ver de perto formações geológicas interessantes. A excursão off road na Estância Cristina é uma das mais procuradas.
  • Trekking no gelo – Também conhecido como Trekking Big Ice, esse é um dos mais espetaculares trekkings sobre gelo do mundo. A caminhada é feita sobre o famoso Glaciar Perito Moreno, uma das paisagens mais bonitas e emblemáticas da Patagônia. Durante o passeio, os guias explicam sobre a flora e fauna e sobre glaciologias gerais da região. Antes disso, eles ensinam como caminhar com os grampos nas botas.

O lugar é lindo. Você vai poder tirar as fotos mais incríveis que já imaginou.

  • Trekking em El Chaltén – Não tem como falar de ecoturismo em El Calafate e não citar o trekking em El Chaltén, localizada a 200 km de distância. Considerada o berço do trekking dessa região, El Chaltén recebe viajantes vindos dos quatro cantos do planeta em busca de caminhadas em meio a cenários surpreendentes.

El Calafate é a base de onde saem várias trilhas por essa região da Patagônia – sendo uma das mais famosas, a trilha para a base do Monte Fitz Roy.

  • Passeio de Caiaque no Rio La Leona – O Rio La Leona é um rio da Patagônia argentina que flui na parte oriental do Parque Nacional Los Glaciares. No passeio de caiaque pelo rio, você admira vistas panorâmicas enquanto se diverte descendo pelas águas.

Algumas agências de turismo oferecem o tour combinado com trilha no Cerro Los Hornos, que oferece uma visão mais íntima da região.  

  • Passeio a cavalo na Estância Nibepo Aike – Localizada no Parque Nacional Los Glaciares, a Estância Nibepo Aike fica em uma fazenda de criação de ovelhas e é o lugar ideal para imergir na vida rural de uma autêntica estância patagônica. O passeio a cavalo é uma das atividades desse endereço mágico repleto de cores, história e vidas. O local é uma delícia para passar o dia e lá você pode almoçar o típico cordeiro assado.

Gastronomia em El Calafate

Calafate é uma fruta silvestre, símbolo da Patagônia argentina e chilena

Um passeio pelos sabores patagônicos: do cordeiro assado ao doce de calafate

El Calafate oferece muitas opções de restaurantes, cafés, bares e lanchonetes, quase todas localizados na Avenida Libertador San Martín e ruas próximas.

No cardápio, você encontra um pouco de tudo: massas, sanduíches, carnes, peixes, frutos do mar, sobremesas diversas, entre vários outros, como em qualquer cidade turística.

Porém, o prato típico apresentado nos restaurantes é o cordeiro patagônico. Assado em fogo de chão, ele é a especialidade de muitos estabelecimentos dessa região da Patagônia.

Para a sobremesa, experimente os produtos feitos de calafate, fruta silvestre, símbolo da Patagônia argentina e chilena. O calafate é muito utilizado na produção de geleias, doces e sorvetes. Seu formato lembra uma jaboticaba, mas seu sabor é totalmente diferente e único.

Veja locais onde comer essas delícias em El Calafate!

Restaurantes em El Calafate

  • La Tablita – Cnel. Rosales 28, El Calafate
  • Parrilla Don Pichon – Puerto Deseado 242, El Calafate  
  • Casimiro Biguá – Av. del Libertador 963, El Calafate
  • La Lechuza Pizza y Pastas – Av. del Libertador 1301, El Calafate
  • El Quincho – Ushuaia 200, El Calafate
  • Pura Vida Resto Bar – Av. del Libertador 1876, El Calafate
  • Isabel Cocina al Disco – Perito Moreno 95, El Calafate
  • Borges y Alvarez Librobar – Av. del Libertador 1015, El Calafate   
  • Pietro’s Cafe – Av. del Libertador 1002, El Calafate
  • Laguna Negra – Av. del Libertador 1250, El Calafate

Hotelaria em El Calafate

Av. del Libertador e Av. Cnel. Rosales, no centro da cidade.
Foto: Flickr

Saiba qual é a melhor região para se hospedar

El Calafate possui uma boa oferta de hotéis e hostels, com os mais diversos níveis e preços, indo desde instalações mais simples até os luxuosos resorts com vista para o Lago Argentino.

O centro da cidade, onde fica localizada a Avenida del Libertador, é onde tudo acontece e melhor lugar para se hospedar em El Calafate. No centro, você fica perto da maioria dos restaurantes e cafés, lojas de equipamentos e roupas de inverno, mercados, agências de turismo e câmbio.

Porém, essa não é a única opção. Há quem prefira ficar mais afastado do centro, em hotéis mais reservados, no meio da natureza. Nesses casos, é preciso alugar um carro, uma vez que transporte público e táxis são bem limitados na cidade. Sendo assim, vale a pena ficar hospedado em um ambiente mais sossegado para quem curte a ideia.

Nós listamos algumas opções de hotéis em El Calafate para te ajudar.

Hotelaria em El Calafate

  • La Cantera Hotel Boutique – C. 306, N 173, El Calafate
  • Lagos del Calafate Calle 998, N 59, El Calafate
  • Hotel Mirador del Lago Av. del Libertador 2047, El Calafate
  • Xelena Hotel & SuitesRene Favaloro 3500, El Calafate
  • Calafate Parque Hotel – Gobernador Gregores, 7 de Diciembre esq, El Calafate
  • Posada Los Alamos – Ing. Guatti 1135, El Calafate

Passeios em El Calafate

Iceberg no Lago Argentino durante o passeio Rios de Hielo.
Foto: Flickr

Conheça os pontos turísticos mais concorridos desse paraíso de gelo

Você já conheceu algumas atividades de ecoturismo em El Calafate, mas quer ter um panorama geral sobre as atrações mais procuradas da região? Veja, a seguir, os principais passeios em El Calafate!

  • Glaciar Perito Moreno – Ele possui 60 metros de altura, 250 quilômetros quadrados de superfície e solta pedaços de gelo no lago, num espetáculo diário. O Perito Moreno é a maior geleira do continente e, de acordo com especialistas, está crescendo. Todo adaptado ao turismo, esse gigante é de fácil acesso por uma boa estrada, tem passeio de barco e passarelas ao redor das geleiras e restaurante com vista privilegiada, tudo para facilitar a vida do turista ao assistir aos desprendimentos de gelo, mais comuns no verão.
  • Glaciar Upsala e Estância Cristina – O Glaciar Upsala é um dos mais importantes do Parque Nacional Los Glaciares. Não possui tantos fãs quanto o Perito Moreno, mas tem lá sua graça.  Você pode avistar o glaciar num passeio de barco pelo Lago Argentino, onde também há icebergs, ou pode seguir até a Estância Cristina e ter uma vista ainda mais completa e fascinante.
  • Curtir o centrinho e os cafés da cidade – Reserve uma manhã ou tarde da sua programação, ou até mesmo um dia inteiro, para bater perna pelo centrinho de El Calafate. Você pode fazer esse passeio por conta própria. Aproveite para caminhar às margens do Lago Argentino, se aquecer em bons cafés e restaurantes, além de visitar algumas atrações turísticas.

Um lugar bastante simpático para conhecer é o Glaciarium, um complexo turístico a 8 km do centro da cidade. Além de ser uma espécie de museu e centro de informações sobre as geleiras da região, por lá você também encontrará o Glaciobar – um daqueles bares feitos de gelo.

  • Rios de Hielo – Um dos passeios em El Calafate mais procurados. Neste tour de barco pelo Lago Argentino, você irá se deparar com vários glaciares da região:  Upsala, Spegazzini e Seco. São cerca de 5 horas de navegação com os mais belos cenários em volta – icebergs, geleiras e, se tiver sorte, até arco-íris. Ah! E uma super vantagem: o passeio pode ser feito o ano todo.
  • Cuevas del Walichu – As cavernas de Walichu estão localizadas a 7 km de El Calafate, à beira do Lago Argentino. Suas pinturas foram feitas há aproximadamente 4 mil anos por tribos anteriores aos índios Tehuelches e representam animais e seres humanos.

Há excursões a partir de El Calafate, mas se estiver de carro próprio, é bem tranquilo para chegar até o local.

  • Torres del Paine – Aproveite a viagem para El Calafate e passe um dia inteiro no impressionante Parque Nacional Torres del Paine, no Chile. Neste passeio você irá conhecer lugares belíssimos, como o Lago Sarmiento, o Lago Nordenskjold, o mirador Cuemos del Paine e muito mais. Uma jornada com duração aproximada de 15 horas com paisagens ímpares.

Quanto custa viajar para El Calafate?

Navegação no Lago Argentino

Não sabe qual será o custo da viagem? Acompanhe o texto e confira

El Calafate é uma cidade na Patagônia argentina, aos pés da Cordilheira dos Andes, conhecida principalmente como acesso ao Parque Nacional Los Glaciares, que abriga o Glaciar Perito Moreno, terceira maior geleira do mundo.

Localizada na província de Santa Cruz, El Calafate também é a base para outros destinos da região, como Torres del Paine, famoso parque chileno, e El Chaltén, considerada capital do trekking na Argentina.

A 5 horas de ônibus de El Calafate, Puerto Natales, no Chile, é a cidade mais próxima do parque de Torres del Paine. Já a viagem de carro de El Calafate a El Chaltén dura cerca de 3 horas.

Não há voos diretos entre o Brasil e El Calafate. Para chegar à cidade, é preciso fazer conexão em Buenos Aires, capital da Argentina, ou Santiago, no Chile. A Aerolíneas Argentinas é a empresa com mais voos para El Calafate partindo de Buenos Aires, Trelew, Bariloche e Ushuaia. Para viagens de carro, a via principal é a Ruta 40, que a liga a cidades como El Chaltén.

O Aeropuerto Internacional de El Calafate está a 21 km do centro da cidade.

  • Passagens – Opções a partir de: Rio R$ 1.489,00 e São Paulo R$ 1.424,00.
  • Aluguel de carro – Categoria econômica R$ 403,00 a diária / veículos SUV R$ 1.192,00 a diária (preço médio para no mínimo 3 dias).
  • Passeios – Glaciar Perito Moreno com trekking custa R$ 1.700,00. Estância Cristina com 4×4 + almoço custa R$ 1.867,00.
  • Hospedagens – Com R$ 61,00, é possível fazer reserva de uma diária em um hostel. Para hotéis três estrelas, espere desembolsar a partir de R$ 222,00.

O tempo ideal para conhecer El Calafate é de quatro dias, especialmente para quem nunca foi lá. Estima-se que numa viagem de quatro dias para a cidade é necessário ter na faixa de R$ 4.800,00 a R$ 6.000,00, exceto as passagens aéreas. Com esse valor, dá para fazer os principais passeios, se alimentar bem e se hospedar num local confortável.

iFriend: Guia de viagem El Calafate

Escolher um guia de viagem para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

Conheça os iFriends em El Calafate e divirta-se!

El Calafate, a Terra dos Glaciares na Patagônia argentina, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?