HomeGuia de viagem Miami

Guia de viagem Miami

Você vai adorar conhecer Miami neste guia completo!
0
(0)

Miami é uma cidade localizada na ponta sudeste da península da Flórida, pertencente ao condado de Miami-Dade. É a segunda cidade mais populosa da Flórida, atrás apenas de Jacksonville, com mais de 450 mil habitantes.

Seu nome vem do grupo indígena local, os Maiyaimi (ou Maimi), que ocupava a área até o século XVIII, e que por sua vez, tirou seu nome do atual lago Okeechobee (na época, chamado de Mayaimi, que significa “grande água”).

A Flórida moderna surge na década de 1560, quando os exploradores espanhóis chegaram pela primeira vez e reclamam a área. Os principais habitantes da região naquela época eram os índios Tequesta e Seminole. Após a chegada dos europeus, a história do lugar ficou marcada por lutas envolvendo os EUA, Grã-Bretanha e Espanha pela posse da área e também pelas revoltas dos Seminole.

Histórico de Miami

Em 1819, o ministro espanhol Luis de Onis negocia um tratado com o secretário de estado norte-americano John Quincy Adams e a Flórida se torna parte dos EUA. Até o final de 1800 a região da atual Miami permanece esparsamente povoada, até que Charles e Henry Lum compram a área para construir uma fazenda de coco, e erguem a primeira casa da região em 1886. O ponto comprado pelos dois irmãos eventualmente se torna o que é hoje conhecido como South Beach.

A responsável pela criação da cidade, na prática, é Julia Tuttle, que comprou 640 hectares na futura Miami Beach em 1891 e passou a cultivar laranjas. Ela convenceu o financista nova-iorquino Henry M. Flagler do vasto potencial da área, e que este deveria estender sua Florida East Coast Railroad para Miami em 1896, ano em que o local foi elevado a cidade. Flagler dragou a Miami Harbor, construiu o famoso Royal Palm Hotel, promovendo a cidade como um recanto de veraneio. Por volta de 1910, Miami já era uma região de entretenimento bem próspera.

Miami experimenta um aumento monumental de sua população durante os anos 1960, quando cerca de 260 mil cubanos chegaram a sua costa, fugindo do regime instalado por Fidel Castro. Sua chegada criou um grande impacto em Miami, que se transformou numa metrópole bilíngue, onde a cultura cubana se tornou parte integrante da cidade.

Miami hoje é, sem dúvidas, um mosaico pan-americano e o destino mais latino no mundo ao norte do México. É também um centro turístico, sendo uma das cidades mais visitadas por turistas nos Estados Unidos devido a seu clima quente durante todo o ano e suas praias.

Por que visitar Miami?

Bay Biscayne, Miami, Flórida

Porque Miami é cheia de atrativos incríveis!

Miami é um daqueles destinos que proporcionam as férias dos sonhos, com clima perfeito, atrações da maior qualidade, hotéis luxuosos, vasta gastronomia e agitado cenário artístico e cultural. Porém, a cidade famosa por seu clima e praias como cartão-postal também oferece outros atrativos valiosos.

Ainda é considerado o melhor destino das compras, das baladas, dos museus, da diversificada variedade de bairros e dos brasileiros “calientes”, que adoram o lugar, afinal, essa é a mais latina das cidades norte-americanas – estima-se que cerca de 70% dos moradores de Miami sejam de origem latino-americana e isso se vê bem em Little Havana, um bairro cubano. 

Se você gosta de diversidade étnica e cultural, escolheu o lugar certo. Se gosta de um visual moderno, com diferentes facetas, onde carros importados desfilam em ruas largas, e o mar, as pontes e as embarcações esculpem a beleza nas paisagens, também acertou em cheio.

Nossa melhor dica para uma viagem a Miami é: aproveite cada minuto nessa cidade efervescente e única!

Veja também: Por que visitar Miami?

O que fazer em Miami?

O que fazer em Miami? aproveite o sol!

Miami é superanimada e você vai gostar!

Para quem está planejando visitar Miami pela primeira vez, é importante entender o desenho e a dinâmica da cidade. Legalmente, Miami e Miami Beach são dois municípios diferentes, que pertencem ao condado de Miami-Dade. A sede do condado de Miami-Dade é Miami – uma cidade costeira. Miami Beach é a baía (ilha) do lado direito de Miami, banhada pelo Oceano Atlântico (entre a Baía de Biscayne e Miami) ligada à cidade por uma série de pontes.

O destino turístico para onde as pessoas costumam ir é Miami Beach, importante centro de entretenimento internacional. Miami Beach é a área de praias, do mar azul-turquesa e da areia incrivelmente branca. South Beach, no sul de Miami Beach, é onde está o burburinho. SoBe, como gostam de chamar, é o fervor, onde estão as baladas, os bares, muitas festas e a galera bonita. A área continental é chamada de Downtown Miami, onde fica o centro financeiro da cidade, além de diversos restaurantes, comércios e uma grande variedade de hotéis.

Agora que você já entendeu como funcionam Miami e Miami Beach, confira o roteiro de três dias que nossa equipe preparou para você curtindo um pouquinho de cada canto!

Primeiro dia

Independente se você estiver hospedado em Miami ou Miami Beach, seu primeiro dia começa bem light. O Pérez Museum, à beira da Baía de Biscayne, é um museu em um prédio todo moderno, dos mesmos arquitetos do Tate Modern, em Londres. O museu, de arte moderna e contemporânea, conta com uma programação intensa, inclusive para crianças. Vale conferir a agenda no site para não perder algo durante a sua estadia.

Depois, você pode partir para o Brickell City Centre. O shopping tem dois “mercados” gastronômicos com opções bem democráticas: o La Centrale e o Casa Tua, ambos focados em gastronomia italiana.

Outro lugar para bater ponto é o Sugar, bar que fica no terraço do EAST Miami, mesmo prédio do Brickell. Ele vive cheio e é um lugar super concorrido. Vá depois de almoçar no shopping, pois a ideia mesmo é tomar uns drinks apreciando a vista.

Para a sua noite, você encontra uma seleção de coquetéis clássicos e inovadores no MO Bar & Lounge. O bar fica no alto do hotel Mandarin Oriental e você não precisa estar hospedado para curtir a bela vista.

Segundo dia

Neste dia, faça um passeio no Design Street, bairro famoso por sua arquitetura moderna, lojas de luxo e galerias de arte. Tem lojas da Dior, Fendi e Armani, mas também tem galerias de arte super bacanas (e até gratuitas). Uma delas é a de la Cruz Collection, lar da coleção particular de arte contemporânea do casal cubano Rosa e Carlos de la Cruz.

Ao lado da de la Cruz, tem o ICA Miami, Institute of Contemporary Art, um museu mais focado em fotografia, que também vale uma visita. No mesmo quarteirão, está o Museum Garage. É um prédio garagem que funciona de verdade e abriga um projeto artístico bem inusitado. 

Depois, siga para Wynwood, um bairro muito colorido que foi revitalizado com galerias, arte de rua, bares e as mais diferentes lojinhas. O Wynwood Walls é uma galeria a céu aberto dedicada à arte de rua, com artistas do mundo inteiro, inclusive do Brasil. Lá, você também encontra diversas opções gastronômicas, seja para um almoço ou um happy hour com cerveja e música.

Após um bom descanso no hotel, encerre o dia na Little Havana, um pedacinho de Cuba bem no centro da cidade. Não faltam galerias de arte latino-americanas, redes de fast food, restaurantes e bares agitados. Muitas lojas oferecem os famosos charutos cubanos, chocolates e outros quitutes.

Terceiro dia

Depois de muitas andanças pela cidade, que tal relaxar na praia? South Beach é a parte mais movimentada, pois tem a maior concentração de hotéis. Estenda a sua canga, não se esqueça do protetor solar e seja feliz! No sul de South Beach, fica o South Pointe Park, um espaço ótimo para uma caminhada, corrida e até a prática de yoga. Caminhando pela Ocean Drive, você chega lá e ainda vai observando um pouco da vida agitada de Miami Beach.

A volta na região só fica completa se passar pela Lincoln Road, rua de pedestres com todas as lojas possíveis. Uma boa pedida para o almoço é a Lincoln Eatery ou o Time Out Market, mercados interessantes da região.

A sua próxima parada pode ser numa das baladas ou festas na noite de Miami. South Beach é uma das áreas mais agitadas. A Ocean Drive tem várias casas noturnas e bares. A Española Way, uma vila em South Beach, tem restaurantes e bares que lembram a Espanha e o México. Uma outra alternativa é curtir a noite em Downtown Miami: visitando o Bayside Marketplace, você pode jantar, ouvir música ao vivo ou ir a um restaurante de grande rede, como o Hard Rock Cafe.

Veja também: o que fazer em Miami

Quando visitar Miami?

Miami street, Miami, Florida

Miami tem clima tropical, agradável o ano inteiro

Miami e Miami Beach oferecem boas temperaturas durante o ano inteiro, com temperatura média anual de 25ºC. As cidades da Flórida têm clima tropical, perfeito para curtir atividades ao ar livre, dar um mergulho no mar ou caminhar pelo calçadão ao longo das praias. 

Se você está em busca de bons preços, menos movimento e ainda sim altas temperaturas, os meses de março, abril e maio são um bom período para viajar. Esse período compreende a baixa temporada.

A alta temporada, que começa a partir de junho e segue até agosto, é marcada pelo calor, sendo até um pouco sufocante em alguns dias. Julho e agosto são meses de verão nos Estados Unidos e de férias, o que significa que as cidades de Miami e Miami Beach são invadidas por turistas dos quatro cantos do mundo.

Passada a alta temporada, os meses de outubro e novembro também são bastante agradáveis em relação as temperaturas, mas com preços muito melhores.

Já o mês de dezembro tem atrações particulares por causa do natal e réveillon.

De dezembro a fevereiro também é alta temporada nesse destino, pois os americanos fogem do frio extremo (é inverno nestes meses) para aproveitar o clima da Flórida. Essa é uma época de clima ainda gostoso durante o dia, mas o tempo de sol é menor. As temperaturas máximas não vão muito além dos 23ºC em janeiro.

Alta Temporada

  • Prós – A cidade fica tomada por turistas, tem mais opções de entretenimento, baladas e eventos. Se você procura movimento e agito, esse é o momento. 
  • Contras – Os preços de hotéis, restaurantes e até de algumas atrações sobem consideravelmente.

Baixa Temporada

  • Prós – A cidade tem menor fluxo de turistas e os preços praticados são mais baixos. As praias e pontos turísticos ficam mais vazios, ou seja, passear pela cidade não é nenhum desafio na baixa temporada. 
  • Contras – A cidade tem menos opções de eventos. Então, se você quer badalação, viaje na alta temporada.  

Veja também: Quando visitar Miami

Praias em Miami

Miami beach, Miami, Florida

As praias de Miami são muito badaladas

O litoral da Flórida é tão bonito, abriga praias de beleza ímpar, que chamam a atenção de turistas de todo o mundo. Não é à toa que Miami e ilhas dos arredores estão entre os destinos mais procurados por brasileiros que querem férias bem longe de casa.

As praias têm guarda-vidas e eles vigiam as pessoas no mar a partir de famosas casinhas coloridas construídas na areia. Cada um dos postos de guarda-vidas exibe uma bandeira que indica as condições do mar; quando a bandeira vermelha com o símbolo para não nadar é erguida, as praias estão fechadas para o público.   

Como Miami Beach é uma cidade grande e que está intimamente ligada ao mar, os “nomes” das praias estão relacionados a pontos de referência próximos. Por exemplo, se você está em Miami Beach perto do Lummus Park, há quem chame a praia de “Lummus Park Beach”; se está na praia perto do Hotel Fontainebleau, “Fontainebleau Beach”, e assim por diante.

  • South Beach – a mais famosa praia de Miami é também uma das mais populares do mundo. Seu mar azul e longo trecho de areia branca são contornados por edifícios luxuosos, por onde é possível passear, se hospedar e provar deliciosas refeições. SoBe é uma praia muito badalada, principalmente nos fins de semana.
  • North Beach – North Beach é muito menos movimentada que South Beach, por isso, é indicada como uma praia para quem busca mais tranquilidade. Os amantes do surf adoram particularmente esta área de Miami Beach por suas ondas, bem como por sua calmaria. Mas não se preocupe! Em North Beach, a praia está equipada com estabelecimentos que oferecem tudo o que você precisa para aproveitar um dia de sol.
  • Hollywood Beach – Hollywood Beach ganhou este nome por causa das inúmeras celebridades que frequentam o lugar. O cenário é fascinante: a água colorida por diferentes tonalidades de verde, a areia clara e as palmeiras encantam os visitantes, artistas ou anônimos.  
  • Bal Harbour Beach – Na região norte de Miami Beach, perto do Bal Harbour Shops, um dos shoppings mais luxuosos da região, está a Bal Harbour Beach. Ela é superbonita, tem ondas não muito fortes, vegetação rasteira perto do mar e uma trilha ao longo da praia.  
  • Haulover Beach Park – a praia em frente ao parque de mesmo nome, Haulover Park, tem um trecho de mais de dois quilômetros, localizado a norte de Miami Beach. Como o parque tem acesso ao mar, muitas pessoas o visitam com a intenção de frequentar a praia, que não é tão movimentada e uma boa opção para quem quer sossego. Seu grande diferencial é que num dos extremos da praia (norte), o nudismo é permitido. Entre as comodidades do local estão: área para churrasco, estacionamento e banheiro público com chuveiro. 
  • Key West – A três horas de distância de Miami, a ilha de Key West tem um mar encantador e praias que conquistaram o coração dos turistas. É um dos lugares mais paradisíacos de toda a Flórida e o ponto dos Estados Unidos mais próximo de Cuba. Para chegar até lá, a viagem de carro é feita sobre pontes e mais pontes que ligam as ilhas pertencentes à Flórida.

Veja também: Praias em Miami

Ecoturismo em Miami

Everglades, Miami, Florida

Natureza e consciência ambiental

Miami e seus arredores permitem um roteiro com o melhor da natureza. Banhada pelas águas cristalinas da Baía de Biscayne e pelo mar azulzinho, Miami é um destino fora do comum. Capaz de se reinventar sempre e aderir a novas tendências, a cidade-ilha do sol, das praias e das compras é a combinação ideal para quem busca badalação e, ao mesmo tempo, ecoturismo.

  • Jungle Island – Jungle Island é um parque zoológico safári, um dos mais antigos do país. Por lá, é possível encontrar alguns dos animais mais raros e exóticos do planeta, como o ligre, araras, papagaios e casuares. O parque é um destino bem familiar e oferece diversos espaços que permitem interação com lêmures, preguiças, flamingos e capivaras. A maior aventura fica por conta do Superflight: voo livre a 6 metros de altura e sem paraquedas. O túnel consegue gerar ventos a mais de 300 km/h, que sustentam o visitante e oferecem a sensação de estar voando. Apesar de parecer uma experiência muito radical, o Superflight é tranquilo e bem seguro. De quebra, ainda dá para ter uma visão incrível de Miami. 
  • Oleta River State Park – com uma área de mais de 422 hectares, o Oleta River State Park é o maior parque urbano da Flórida, famoso por conter uma enorme área verde na região da Baía de Biscayne. Localizado a cerca de trinta minutos do centro de Miami, o lugar é um refúgio no meio da correria da vida na cidade. O Oleta River State oferece uma variedade de atividades que podem ser feitas em grupos, família, casal ou até mesmo sozinho. Como exemplo, o parque abriga algumas das melhores trilhas de mountain bike de Miami, aluga canoas e tem várias áreas para fazer um piquenique.
  • Everglades – o Parque Nacional Everglades é a maior reserva subtropical dos Estados Unidos, com uma área de mais de 600 mil hectares. Declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e biosfera de importância internacional, o local é um habitat essencial para inúmeras espécies raras e em risco de extinção, além de proteger um ecossistema variado que abriga pântanos, prados, extensa vegetação de pinheiros e mangues costeiros. O Everglades possui passarelas altas, aluguel de canoa, camping, hotel e outras atrações. O foco por lá são os animais e a natureza, os jacarés e o passeio de barco de ar. O parque conta com quatro entradas principais, sendo as mais próximas de Miami (a menos de duas horas) a Main Entrance, a Flamingo Everglades e a Shark Valley. 
  • Miami Beach Botanical Garden – espaço verde urbano em Miami Beach, o Miami Beach Botanical Garden é um daqueles oásis cheio de plantas nativas e fontes de água. Sua beleza e localização central o tornam um destino popular para eventos públicos e programas educacionais. É também o lugar perfeito para um passeio pela manhã.
  • Passeios de barco – como o mar faz parte da vida da cidade, nada melhor do que conhecer Miami por esse ângulo. Há passeios de barcos com diferentes roteiros e embarcações e a maioria deles leva a Baía de Biscayne. Passeando por essa área você poderá conhecer as ilhas onde existem verdadeiras residências de luxo, muitas delas pertencentes a celebridades.
  • Venetian Pool – se estiver com tempo na cidade, você vai adorar mergulhar na Venetian Pool, uma piscina pública localizada na cidade de Coral Gables, nos arredores de Miami. Ela foi inaugurada em 1924 e recebeu esse nome devido à sua semelhança com a cidade de Veneza. A piscina tem águas cristalinas e fica cercada por um cenário muito bonito. 

Veja também: Ecoturismo em Miami

Passeios em Miami

Os melhores passeios para curtir sozinho ou em família!

Miami é um destino muito querido pelos brasileiros não só pelo seu clima tropical e praias, mas também pelos inúmeros pontos turísticos, com opções para se divertir e relaxar. Miami e Miami Beach são cidades para viver as mais diferentes experiências. Aqui, listamos algumas delas!

  • Pérez Museum – O Pérez Art Museum Miami, também conhecido por PAMM, é dedicado à arte contemporânea do mundo. Ele está localizado às margens da Baía Biscayne, dentro do Museum Park, em Downtown. Além de um acervo de dezenas de obras importantes, o museu ainda conta com uma loja de souvenires e produtos de arte e um espaço gastronômico.
  • Wynwood Walls – O bairro de Wynwood, que antigamente era abandonado, ganhou diversas paredes grafitadas e galerias. Lá está situado o Wynwood Walls, a galeria do grafite, com diversas paredes pintadas por diferentes artistas. É um passeio diferente, num lugar descolado.
  • Little Havana – Little Havana é um bairro cubano de Miami, onde as placas são escritas em espanhol, as lojas vendem produtos cubanos e as pessoas te cumprimentam com um “¡hola!” nas ruas. O lugar é interessante para quem gosta de conhecer outras culturas e para fazer um tour gastronômico, experimentando pratos de outras cozinhas.
  • South Pointe Park – O parque é o lugar perfeito para relaxar enquanto admira o pôr do sol. Ele fica na pontinha ao sul de South Beach e tem uma boa área para crianças brincarem e uma praia com águas calmas, além de um calçadão de frente para o mar.
  • Ocean Drive – caminhar por uma das avenidas mais gostosas de Miami Beach, que representa todo o frenesi de South Beach, é um programa obrigatório no seu roteiro. A Ocean Drive tem prédios de arquitetura art déco, está cheia de coqueiros e ao longo de sua extensão há diversos os restaurantes, bares e baladas.
  • Vizcaya Museum and Gardens – Viscaya foi planejada para ser a mansão de inverno de um magnata e hoje em dia é um museu, onde as pessoas podem conhecer os ricos detalhes da decoração do casarão e seus jardins bem cuidados. Ele mistura a beleza da cidade à arquitetura europeia de frente para a Baía de Biscayne. O lugar é bastante utilizado para ensaios fotográficos e casamentos.

Veja também: Passeios em Miami

Hotéis em Miami

best hotels ever

Os melhores hotéis e você não paga a mais por isso!

Quando embarcamos em uma viagem, sem dúvida, o que mais importa é o destino! Mas vamos combinar que ficar hospedado em um local com boa localização, faz toda a diferença para você aproveitar melhor a sua viagem.

Quando falamos em Miami, estamos falando de duas cidades diferentes denominadas “Miami”: Miami (a cidade de fato, com mais cultura e gastronomia) e Miami Beach (a parte que dá pra pegar praia de fato e curtir mais o agito).

É verdade que muitos turistas – principalmente os brasileiros- são atraídos pelo preços das compras e excelentes outlets, mas o cenário muda completamente no quesito acomodação. Não é fácil encontrar hotéis baratos, principalmente em Miami Beach.

  • Embassy Suites by Hilton Miami International Airport – 3974 NW S River Dr
  • The Palms Hotel & Spa – 3025 Collins Avenue, FL 33140-4106
  • Up Midtown Hotel– 3530 Biscayne Blvd, 
  • The Confidante Miami Beach – 4041 Collins Ave, FL 33140-3713
  • Regency Hotel – 1000 NW 42nd Ave, FL 33126,
  • Nobu Hotel Miami Beach – 4525 Collins Ave, FL 33140-3226

Veja também: Hotéis em Miami

Gastronomia e o que comer em Miami

Gastronomia de Miami
Gastronomia de Miami

Comida norteamericana e latina perfeita para um tour gastronômico

É verdade que Miami  passa longe de ser uma cidade nos moldes norte-americanos quando o assunto é comida. Uma grande mostra disso é que  metade da população de lá nasceu no exterior, a maioria em países latino-americanos, ou seja, a perfeita tradução das mais variadas opções de sabores para todos os gostos e curiosidades. 

As comidas mais populares por lá são a mexicana e a cubana, em função do grande número de imigrantes que ali vivem e trabalham. A arte culinária é informal e suas tradições gourmet se fundem para formar os mais exclusivos pratos. 

  • Miami to Brazil Rodizio – 15750 SW 56th St, Miami
  • Camila’s Restaurant – 129 SE 1st Ave, Miami
  • Vero Italian – 90 SE 1st St, Miami, 
  • Stubborn Seed – 01 Washington Ave, Miami Beach,
  • Smith & Wollensky – 1 Washington Ave, Miami Beach
  • NIU Kitchen – 104 NE 2nd Ave, Miami, 
  • Il Gabbiano – 335 S Biscayne Blvd, Miami, 
  • Estiatorio Milos by Costas Spiliadis – 730 1st St, Miami Beach,
  • La Locanda restaurant bar pizzeria – 419 Washington Ave, Miami Beach
  • Boteco – 916 NE 79th St, Miami

Veja também: Gastronomia em Miami

Quanto custa viajar para Miami

Quanto custa viajar para Miami

Você pode achar caro, mas com planejamento sai muito em conta!!

Miami é a cidade queridinha dos brasileiros. Com praias paradisíacas, restaurantes conceituados, uma intensa vida cultural e noturna, lojas e outlets como em nenhum outro lugar do mundo. Mas você sabe quanto custa viajar para lá? Bom, diferente de outros destinos essa não é uma resposta tão fácil assim de responder. As tarifas sofrem alterações constantemente, sem falar da cotação do dólar. O turista gasta em média R$ 400 reais por dia. Alugar um carro custa aproximadamente R$ 150 por dia, mas Se organize, se planeje, faça um roteiro bem detalhado. Assim, você economiza MUITO na sua viagem. Dá para gastar muito menos e aproveitar para curtir muito mais.

  • Passagem aérea: Em meses de baixa temporada, a passagem de um voo direto para Miami custa cerca de R$ 2.600 (ida e volta). Já durante a alta temporada, o valor pode aumentar ainda mais, chegando a ultrapassar os R$ 3.300
  • Aluguel de carro: Se você alugar um carro popular, por exemplo, o custo é menor, saindo em média  para R$ 450 por dia. É claro que o preço final depende do tipo do veículo que você escolher, porém ainda assim vale muito a pena. Além do custo do aluguel de carro, há outros valores a acrescentar, como combustível e estacionamento. A
  • Hospedagem: Dá para economizar bastante e optar por hotéis três estrelas, por exemplo, que são ótimos e tem diárias por uma média de R$ 380 
  • Alimentação: Engana-se quem pensa que nos Estados Unidos só tem fast-food. Pelo contrário! Tem opções diversificadas, e para TODOS os gostos. Lanchonetes, restaurantes refinados e até locais que servem culinária brasileira. O valor médio gasto por dia com refeição em Miami é de R$ 180.  

Veja também: Quanto custa viajar para Miami?

iFriend: Guia de viagem em Miami

Miami Sunset Boulevard
Miami Sunset Boulevard

Escolher um guia de viagem para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros em Miami pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

Foto noturna de Miami
Foto noturna de Miami

Miami, a cidade mais latina dos EUA, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride!

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?